Convicções

Quantas vezes recebemos um conselho pra realizar ou não tal atitude, mas resolvemos bater o martelo e tomar a nossa decisão, ignorando o conselho do outro ?

Bom, o resultado é relativo. Você pode ter tomado a decisão correta ignorando o conselho dado, como pode ter errado e o que te aconselharam teria sido o correto.

A moral da história a frase em destaque no post já diz tudo. Devemos colocar na balança nossas atitudes e convicções junto com a opinião das pessoas próximas. Não podemos descartar nossas vontades, mas também não podemos descartar completamente o aviso do próximo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s