Você me amaria, não me abandonaria

Agora pouco antes de conseguir obter forças pra levantar do escuro do meu quarto, eu estava lembrando dos nossos momentos maravilhosos que vivemos juntos. Sabe, eu me lembro do dia em que nossos olhos se viram pela primeira vez, lembro do nosso primeiro encontro, lembro do dia em que eu te pedi em namoro. Eu não sei se a vida que você leva hoje consegue te dar tempo de recordar esses momentos. Não sei se também te interessa, se tem importância, se tem validade pra ti.

Sabe, hoje vivo o momento mais complicado da minha vida. Praticamente estou vivendo por viver, estou morto, apenas respirando. Mas tenho certeza de que se você estivesse aqui comigo, estaria sofrendo comigo, lutando, fazendo de tudo pra me levantar do chão, pra me fazer renascer das cinzas feito uma fênix.

Mas apesar de eu não entender e nem aceitar, a vida tem dessas coisas. Ela toma caminhos tortos, muda totalmente a direção, dá voltas. Bom, eu não tenho nada pra fazer, não tenho nada ao meu alcance pra mudar nossa situação. Sei que fui muito responsável também pelo nosso fim e talvez hoje essa solidão seja uma espécie de ” punição “.

Agora o que me resta é não ser egoísta e desejar a sua felicidade. Que você consiga realizar todos os seus objetivos, pessoais, profissionais e afetivos. Se eu ainda tenho esse direito, peço pra que você seja feliz em nome de tudo o que vivemos.

Boa sorte ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s