Caminhando e refletindo

Caminhando pela rua, chorando, me peguei pensando: Eu errei! Como fui capaz de te deixar para trás?

Sei que se lembrar de mim é um tormento e eu lamento. Será que tudo é questão de darmos tempo ao tempo?

Como te esquecer se não quero me convencer que só é possível te ver e não te ter?

Qualquer dia desses será que você me desculpa? É que eu preciso viver sem a sombra da culpa.

Vou fechar os olhos e dormir. Amanhã é outro dia, uma nova chance para sorrir sem ter de fingir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s